Inspeções em cabos de aço

Clique nas imagens para ampliar

INSPEÇÃO VISUAL DIÁRIA

Os cabos de aço devem ser inspecionados visualmente, no início de cada turno de trabalho. A observação visual tem por objetivo detectar danos no cabo de aço que possam causar riscos durante o uso, tais como:

a) Distorções no cabo, dobras ou nós, amassamentos, alongamento do passo, gaiola de passarinho, perna fora de posição ou alma saltada.

b) Corrosão em geral.

c) Pernas rompidas ou cortadas.

d) Número, distribuição e tipo de ruptura dos arames visíveis. Nota: Recomenda-se retirar de serviço os cabos de aço que apresentarem danos visíveis e submete-lo à avaliação de uma pessoa qualificada.

INSPEÇÃO PERIÓDICA

A inspeção periódica deve ser realizada por uma pessoa qualificada e sua frequência deve estar baseada em fatores, tais como: leis vigentes, tipo de equipamento, a expectativa de vida do cabo determinada pela experiência anterior ou em instalações similares; agressividade do meio ambiente; relação entre a carga usual de trabalho e a capacidade máxima do equipamento, frequência de operações e exposição a trancos.

As inspeções não precisam necessariamente ser realizadas em intervalos iguais e devem ser mais frequentes quando se aproxima o final da vida útil do cabo de aço.

Pontos de Inspeção em Cabos de aço

PONTOS DE INSPEÇÃO

Devem ser tomados cuidados especiais para se inspecionar trechos do cabo de aço que possam sofrer deterioração muito rápida, conforme segue:

a) Trechos em contato com roletes de apoio, polias equalizadoras ou outras polias onde o percurso do cabo é limitado.

b) Trechos do cabo junto ou próximo aos terminais onde possam aparecer arames oxidados ou rompidos.

c) Trechos sujeitos a flexões alternadas.

d) Trechos do cabo que normalmente ficam escondidos durante a inspeção visual, tais como as partes que ficam sobre as polias.

Obs.: Para que se possam obter dados para decidir o momento adequado da substituição de um cabo de aço, deve ser mantido um registro de todas as inspeções periódicas realizadas. Nesse registro deverão constar os pontos de deterioração listados anteriormente.

Critérios de Descarte de Cabos de Aço

CRITÉRIOS DE DESCARTE

Após os registros das inspeções, deverão ser considerados os seguintes critérios de descarte:

a) Redução do diâmetro do cabo abaixo do seu diâmetro nominal, devido à deterioração da alma, corrosão interna/externa ou desgaste dos arames externos.

Para cabos das classes 6x7, 6x19 e 6x36, é recomendada uma redução máxima conforme a tabela abaixo:

Inspeções em cabos de aço

b) Corrosão acentuada diminui a capacidade de carga através da redução da área metálica do cabo de aço, além de acelerar a fadiga.

Geralmente, a perda da resistência causada por corrosão ou danos mecânicos em todo o cabo é mais crítica que a perda da resistência resultante de arames partidos.

c) Arames partidos podem causar ferimentos ao usuário, como também reduzir a resistência do cabo. Normalmente surgem por danos mecânicos, embora possam surgir por corrosão.

Arames partidos, distribuídos uniformemente, podem não ter efeitos marcantes na resistência do cabo. As condições listadas na tabela a seguir são razões suficientes para se questionar a continuidade do uso de um cabo ou para se aumentar a frequência das inspeções.

Inspeções em cabos de aço

Para evitar ferimentos aos usuários, os arames expostos devem ser quebrados na base.

d) Terminais mal instalados, desgastados, tortos, trincados ou com corrosão acentuada.

Critérios de substituição dos cabos de aço

SUBSTITUIÇÃO

Não existe uma regra precisa para determinar o momento exato da substituição de um cabo de aço, uma vez que diversos fatores estão envolvidos. A continuidade da operação do cabo dependerá da avaliação de uma pessoa qualificada que deverá comparar as condições do mesmo, realizando uma inspeção baseada em critérios de descarte contemplados em normas especificas, como por exemplo: NBR ISO 4309, ASME B30.2 e B30.5.

Recomendações de cuidados durante o uso dos cabos de aço

1) os cabos de elevação devem ter uma construção adequada para o uso. A carga total (carga máxima a ser levantada pelo equipamento mais o peso do moitão) dividida pelo número de linhas que suportam a carga não deve ultrapassar 20% da carga de ruptura mínima efetiva do cabo de aço.

2) quando o cabo estiver exposto a temperaturas que excedam 82ºC (180ºF), deve ser usado cabo com Alma de Aço Independente (AACI) ou Alma de Aço formada por uma perna (AA).

3) para a substituição de um cabo de aço, deve ser usado o mesmo diâmetro, resistência e construção do cabo original fornecido pelo fabricante do equipamento ou por um profissional qualificado.

4) se a carga for suportada por mais de uma linha de cabo, a tensão entre as linhas deve estar equalizada.

5) os ganchos e/ou manilhas devem atender às especificações do fabricante e não podem ser sobrecarregados. Se os ganchos forem do tipo giratório, eles devem girar livremente. Os ganchos devem possuir travas de segurança, a não ser em alguns usos específicos, onde a trava se torna impraticável ou desnecessária. A trava deverá ser usada para evitar que as lingas, correntes e outros acessórios escapem do gancho quando fora de trabalho.

6) quando, em condições normais de trabalho, houver possibilidade de que o cabo de elevação sofra batida ou atritos contra o equipamento, devem ser instalados protetores para se minimizar os danos ao cabo.

Instruções para compra de cabos de aço

1) Quantidade (metros)

2) Diâmetro (pol/mm)

3) Tipo de alma

4) Lubrificação (normal, pesada, sem lubrificação)

5) Construção (nº de pernas, arames, composição)

6) Acabamento (polido, galvanizado, inoxidável ou revestido)

7) Torção (Regular à direita ou à esquerda)

8) Resistência dos arames a tração em N/mm² P.S.

OBSERVAÇÕES:

1) quando a torção não é indicada, entende-se TORÇÃO REGULAR À DIREITA.

2) quando for desejada outra torção, deve-se obrigatoriamente mencioná-la.

3) quando não for indicado o acabamento do cabo, entende-se como POLIDO.

4) as construções mais comuns são:

  • 6x7
  • 6x19 SEALE
  • 6x25 FILLER
  • 6x41 WARRINGTON SEALE

É possível fabricar outras construções sob consulta.

5) Caso seja necessária a lubrificação em cabos galvanizados, deverá ser obrigatoriamente mencionada.

6) quando não é indicada a metragem exata, reservamo-nos o direito de mandar até 10% a mais.

7) quando não é indicada a norma, será fornecida conforme a NBR ISO 2408.

8) temos condições de fabricar cabos de aço obedecendo às mais diversas normas internacionalmente usadas, tais como API, DIN e ABS, entre outras.

Para saber mais sobre Inspeções em cabos de aço

Ligue para 11 4646-4646 ou clique aqui e entre em contato por email.

Gostou? compartilhe!



Principais cidades e regiões do Brasil onde a SIVA atende Inspeções em cabos de aço:


  • Selecione a região do Brasil
  • Rio de Janeiro
  • São Gonçalo
  • Duque de Caxias
  • Nova Iguaçu
  • Niterói
  • Belford Roxo
  • São João de Meriti
  • Campos dos Goytacazes
  • Petrópolis
  • Volta Redonda
  • Magé
  • Itaboraí
  • Mesquita
  • Nova Friburgo
  • Barra Mansa
  • Macaé
  • Cabo Frio
  • Nilópolis
  • Teresópolis
  • Resende
  • Belo Horizonte
  • Uberlândia
  • Contagem
  • Juiz de Fora
  • Betim
  • Montes Claros
  • Ribeirão das Neves
  • Uberaba
  • Governador Valadares
  • Ipatinga
  • Santa Luzia
  • Sete Lagoas
  • Divinópolis
  • Ibirité
  • Poços de Caldas
  • Patos de Minas
  • Teófilo Otoni
  • Sabará
  • Pouso Alegre
  • Barbacena
  • Varginha
  • Conselheiro Lafeiete
  • Araguari
  • Itabira
  • Passos
  • Serra
  • Vila Velha
  • Cariacica
  • Vitória
  • Cachoeiro de Itapemirim
  • Linhares
  • São Mateus
  • Colatina
  • Guarapari
  • Aracruz
  • Viana
  • Nova Venécia
  • Barra de São Francisco
  • Santa Maria de Jetibá
  • Castelo
  • Marataízes
  • São Gabriel da Palha
  • Domingos Martins
  • Itapemirim
  • Afonso Cláudio
  • Alegre
  • Baixo Guandu
  • Conceição da Barra
  • Guaçuí
  • Iúna
  • Jaguaré
  • Mimoso do Sul
  • Sooretama
  • Anchieta
  • Pinheiros
  • Pedro Canário
  • Bertioga
  • Caraguatatuba
  • Cubatão
  • Guarujá
  • Ilhabela
  • Itanhaém
  • Mongaguá
  • Riviera de São Lourenço
  • Santos
  • São Vicente
  • Praia Grande
  • Ubatuba
  • São Sebastião
  • Peruíbe
  • São José dos campos
  • Campinas
  • Jundiaí
  • Sorocaba
  • Indaiatuba
  • São José do Rio Preto
  • Itatiba
  • Amparo
  • Barueri
  • Ribeirão Preto
  • Marília
  • Louveira
  • Paulínia
  • Bauru
  • Valinhos
  • Bragança Paulista
  • Araraquara
  • Americana
  • Atibaia
  • Taubaté
  • Araras
  • São Carlos
  • Itupeva
  • Mendonça
  • Itu
  • Vinhedo
  • Marapoama
  • Votuporanga
  • Hortolândia
  • Araçatuba
  • Jaboticabal
  • Sertãozinho
  • Curitiba
  • Londrina
  • Maringá
  • Ponta Grossa
  • Cascavel
  • São José dos Pinhais
  • Foz do Iguaçu
  • Colombo
  • Guarapuava
  • Paranaguá
  • Araucária
  • Toledo
  • Apucarana
  • Pinhais
  • Campo Largo
  • Almirante Tamandaré
  • Umuarama
  • Paranavaí
  • Piraquara
  • Cambé
  • Sarandi
  • Fazenda Rio Grande
  • Paranavaí
  • Francisco Beltrão
  • Pato Branco
  • Cianorte
  • Telêmaco Borba
  • Castro
  • Rolândia
  • Joinville
  • Florianópolis
  • Blumenau
  • Itajaí
  • São José
  • Chapecó
  • Criciúma
  • Jaraguá do sul
  • Lages
  • Palhoça
  • Balneário Camboriú
  • Brusque
  • Tubarão
  • São Bento do Sul
  • Caçador
  • Concórdia
  • Camboriú
  • Navegantes
  • Rio do Sul
  • Araranguá
  • Gaspar
  • Biguaçu
  • Indaial
  • Mafra
  • Canoinhas
  • Itapema
  • Porto Alegre
  • Caxias do Sul
  • Pelotas
  • Canoas
  • Santa Maria
  • Gravataí
  • Viamão
  • Novo Hamburgo
  • São Leopoldo
  • Rio Grande
  • Alvorada
  • Passo Fundo
  • Sapucaia do Sul
  • Uruguaiana
  • Santa Cruz do Sul
  • Cachoeirinha
  • Bagé
  • Bento Gonçalves
  • Erechim
  • Guaíba
  • Cachoeira do Sul
  • Santana do Livramento
  • Esteio
  • Ijuí
  • Alegrete
  • Recife
  • Jaboatão dos Guararapes
  • Olinda
  • Bandeira caruaru.jpg Caruaru
  • Petrolina
  • Paulista
  • Cabo de Santo Agostinho
  • Camaragibe
  • Garanhuns
  • Vitória de Santo Antão
  • Igarassu
  • São Lourenço da Mata
  • Abreu e Lima
  • Santa Cruz do Capibaribe
  • Ipojuca
  • Serra Talhada
  • Araripina
  • Gravatá
  • Carpina
  • Goiana
  • Belo Jardim
  • Arcoverde
  • Ouricuri
  • Escada
  • Pesqueira
  • Surubim
  • Palmares
  • Bezerros
  • Salvador
  • Feira de Santana
  • Vitória da Conquista
  • Camaçari
  • Itabuna
  • Juazeiro
  • Lauro de Freitas
  • Ilhéus
  • Jequié
  • Teixeira de Freitas
  • Alagoinhas
  • Barreiras
  • Porto Seguro
  • Simões Filho
  • Paulo Afonso
  • Eunápolis
  • Santo Antônio de Jesus
  • Valença
  • Candeias
  • Guanambi
  • Jacobina
  • Serrinha
  • Senhor do Bonfim
  • Dias d'Ávila
  • Luís Eduardo Magalhães
  • Itapetinga
  • Irecê
  • Campo Formoso
  • Casa Nova
  • Brumado
  • Bom Jesus da Lapa
  • Conceição do Coité
  • Itamaraju
  • Itaberaba
  • Cruz das Almas
  • Ipirá
  • Santo Amaro
  • Euclides da Cunha
  • Fortaleza
  • caucacia
  • Juazeiro do Norte
  • Maracanaú
  • Sobral
  • Crato
  • Itapipoca
  • Maranguape
  • Iguatu
  • Quixadá
  • Canindé
  • Pacajus
  • Crateús
  • Aquiraz
  • Pacatuba
  • Quixeramobim
  • São Luís
  • Imperatriz
  • São José de Ribamar
  • Timon
  • Caxias
  • Codó
  • Paço do Lumiar
  • Açailândia
  • Bacabal
  • Balsas
  • Barra do Corda
  • Teresina
  • São Raimundo Nonato
  • Parnaíba
  • Picos
  • Uruçuí
  • Floriano
  • Piripiri
  • Campo Maior
  • Goiânia
  • Aparecida de Goiânia
  • Anápolis
  • Rio Verde
  • Luziânia
  • Águas Lindas de Goiás
  • Valparaíso de Goiás
  • Trindade
  • Formosa
  • Novo Gama
  • Itumbiara
  • Senador Canedo
  • Catalão
  • Jataí
  • Planaltina
  • Caldas Novas
  • Campo Grande
  • Dourados
  • Três Lagoas
  • Corumbá
  • Ponta Porã
  • Cuiabá
  • Várzea Grande
  • Rondonópolis
  • Sinop
  • Tangará da Serra
  • Cáceres
  • Sorriso
  • Manaus
  • Parintins
  • Itacoatiara
  • Manacapuru
  • Coari
  • Centro Amazonense
  • Belém
  • Ananindeua
  • Santarém
  • Marabá
  • Castanhal
  • Parauapebas
  • Itaituba
  • Cametá
  • Bragança
  • Abaetetuba
  • Bragança
  • Marituba